Frete Grátis - Veja as regras
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Stalevo Ce 50mg C/ 30 Comprimidos
Stalevo Ce 50mg C/ 30 Comprimidos

Stalevo Ce 50mg C/ 30 Comprimidos

Código: 23144
Estoque: Indisponível
Ops!
Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Venda proibida pela internet
Página meramente informativa sobre o produto
Venda somente nas lojas físicas com receituário adequado

Comprar Stalevo Ce 50mg C/ 30 Comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Stalevo

Frete Grátis
veja as regras
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Stalevo

Stalevo combina três substâncias ativas (entacapona) em um único comprimido revestido, sendo indicado no tratamento de doentes adultos com doença de Parkinson que apresentam flutuações motoras de fim-de-dose (somente para os pacientes que tomam uma dose diária de levodopa de 600 mg ou menos e não experimentaram discinesias) cuja estabilização não é possível com tratamento com levodopa associado a inibidor da dopa descarboxilase (DCC).

Stalevo ajuda no alívio dos sintomas da doença de Parkinson, como tremores dos membros, rigidez e lentidão dos movimentos, o que dificulta a realização das atividades diárias normais.

Como o Stalevo funciona?


A doença de Parkinson é um distúrbio do sistema nervoso. Ela é causada por falta de dopamina, uma substância natural que é produzida no cérebro. A dopamina transmite mensagens na parte do cérebro que controla o movimento muscular.

Quando se produz dopamina em quantidade muito pequena, ocorrem problemas de movimento. A levodopa age aumentando o nível de dopamina no cérebro.

Você também pode receber outros medicamentos para ajudar a tratar esta doença.

Pergunte ao seu médico, caso você possua dúvidas, como o medicamento funciona ou o porquê este medicamento foi prescrito para você.

Como Usar Stalevo

Stalevo pode ser tomado com ou sem alimentos.

Para alguns pacientes, Stalevo pode não ser bem absorvido se for tomado com ou logo após comer alimentos ricos em proteínas (como carnes, peixes, laticínios, sementes e castanhas). Consulte o seu médico se você acha que isso se aplica a você.

Não tome Stalevo e suplementos de ferro ao mesmo tempo. Depois de tomar um deles, espere pelo menos de 2 a 3 horas antes de tomar o outro.

Siga rigorosamente as instruções do seu médico sobre quando e como utilizar Stalevo, outros medicamentos contendo levodopa, carbidopa e outros antiparkinsonianos.

Consulte o seu médico ou farmacêutico se estiver inseguro sobre estas instruções ou o texto impresso na embalagem.

Posologia do Stalevo


Cada comprimido de Stalevo contém uma dose completa de levodopa, carbidopa e entacapona. Cada vez que tomar Stalevo, tome apenas um comprimido.

O seu médico irá dizer-lhe exatamente quantos comprimidos de Stalevo você deve tomar por dia. Dependendo de como você responde ao tratamento, o médico pode receitar uma dose superior ou inferior.

50/12.5/200 mg / 100/25/200 mg / 150/37.5/200 mg

Não tome mais de 10 comprimidos por dia.

200/50/200 mg

Não tome mais de 7 comprimidos por dia.

Converse com seu médico ou farmacêutico se você acha que o efeito do Stalevo está muito forte ou muito fraco, ou se detectar possíveis reações adversas.

Interrupção do tratamento

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico, pois pode ser necessário ajustar a dose dos outros tratamentos antiparkinsonianos, especialmente da levodopa, para alcançar um nível suficiente de controle dos sintomas parkinsonianos. A descontinuação abrupta de Stalevo e de outros medicamentos antiparkinsonianos pode resultar em efeitos indesejáveis, tais como rigidez muscular grave, febre alta e consciência alterada.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Stalevo?


Se houver mais de uma hora até a dose seguinte:

Tome um comprimido imediatamente e o comprimido seguinte na hora normal.

Se há menos de uma hora até a dose seguinte:

Tome um comprimido imediatamente, espere uma hora, em seguida, tome outro comprimido. Depois, volte para seu horário normal.

Não tome uma dose dupla para compensar doses esquecidas. Sempre deixe pelo menos uma hora entre comprimidos de Stalevo, para evitar possíveis reações adversas.

Contraindicação de Stalevo

Stalevo é contraindicado em:

  • Casos de hipersensibilidade aos componentes ativos e outros ingredientes da formulação;
  • Casos de insuficiência hepática, glaucoma de ângulo estreito, feocromocitoma (um tumor da glândula supra-renal), uma vez que isso pode aumentar o risco de reações graves de hipersensibilidade;
  • Pacientes que estejam tomando certos tipos de antidepressivos (inibidores seletivos da MAO-A e MAO-B simultaneamente, ou inibidores não-seletivos da MAO);
  • Pacientes com história de síndrome neuroléptica maligna e/ou rabdomiólise não-traumática (forma rara de distúrbio muscular).

Precauções

Tome especial cuidado com Stalevo:

  • Se você já teve um ataque cardíaco ou outras doenças do coração, asma, doenças dos vasos sanguíneos ou pulmões.
  • Se você tem algum problema no fígado.
  • Se você tem algum problema renal grave.
  • Se você já teve doenças no rim, fígado ou relacionadas com hormônios.
  • Se você já teve doença inflamatória intestinal.
  • Se você alguma vez teve úlceras estomacais.
  • Se você já teve convulsões.
  • Se você já sofreu qualquer tipo de transtorno mental grave.
  • Se você se sentir deprimido, tiver pensamentos suicidas ou notar alterações incomuns no seu comportamento.
  • Se você tem glaucoma crônico de ângulo largo. A sua dose pode ser ajustada e a pressão em seus olhos talvez precise ser monitorada.
  • Se você está tomando outros medicamentos que podem abaixar a pressão arterial. Você deve estar ciente que Stalevo pode tornar essa reação pior.
  • Se os movimentos descontrolados iniciarem ou piorarem depois que você começar a tomar Stalevo, o seu médico pode precisar alterar a dose de seus medicamentos para mal de Parkinson.
  • Se tiver sido informado pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, informe o seu médico antes de tomar este medicamento.
  • Informe ao seu médico se você ou sua família/cuidador notar que você está desenvolvendo impulsos ou desejos de se comportar de formas que são incomuns para você, ou se você não consegue resistir ao impulso, orientação ou tentação de realizar algumas atividades que podem prejudicar a você mesmo ou aos outros. Estes comportamentos são chamados de distúrbios de controle de impulso e podem incluir vício em jogos, comer ou gastar excessivamente, desejo sexual anormalmente aumentado, ou preocupação com um aumento nos pensamentos ou sentimentos sexuais. Seu médico pode precisar rever o seu tratamento.
  • Se você estiver adormecendo subitamente, ou se você se sentir muito sonolento.
  • Se os seus músculos ficarem muito rígidos ou apresentarem movimentos bruscos ou se você tiver tremores, agitação, confusão, febre, pulso rápido, ou grandes variações na sua pressão arterial (sinais de Síndrome Neuroléptica Maligna, SNM).
  • Se apresentar diarreia, o médico pode fazer um acompanhamento do seu peso, a fim de evitar a perda de peso excessiva.
  • Se você tiver anorexia progressiva, astenia (fraqueza, cansaço) e perda de peso dentro de um período relativamente curto de tempo, informe ao seu médico. Ele pode realizar uma avaliação médica geral, incluindo a função hepática. Se algum destes itens ocorrer com você, avise ao seu médico imediatamente.

Se você sentir a necessidade de parar de usar o Stalevo, primeiro consulte o seu médico. Pode ser necessário reduzir a dose de Stalevo gradualmente, e fazer mudanças em suas outras medicações para o mal de Parkinson, a fim de evitar efeitos colaterais e evitar que os seus sintomas do mal de Parkinson piorem.

A saliva, urina ou suor podem apresentar coloração escura (marrom avermelhada ou preta) após a ingestão de Stalevo.

Embora essa coloração seja clinicamente insignificante, o vestuário pode ficar descolorido.

Os seguintes fatores podem reduzir a eficácia clínica de levodopa, carbidopa-levodopa e consequentemente a terapia com Stalevo:

  • Mudança na dieta com ingestão de alimentos com alto teor de proteínas - pode ocorrer retardo da absorção da levodopa e redução da sua concentração na circulação.
  • Acidez excessiva, que também atrasa o esvaziamento gástrico - atraso da absorção da levodopa.
  • Ingestão de sais de ferro (como muitos polivitamínicos e poliminerais) - pode reduzir a quantidade de dopamina disponível no organismo.

Durante o tratamento com Stalevo podem ocorrer alucinações, desenvolvimento de hipotensão postural (ortostática) com ou sem sintomas como tonturas, náuseas, desmaios e sudorese. Hipotensão pode ocorrer mais frequentemente durante o início da terapia ou quando a dosagem de levodopa diária total é aumentada. Dessa forma, não se deve levantar rapidamente quando estiver sentado ou deitado, especialmente após períodos prolongados e, especialmente no início do tratamento com Stalevo.

A utilização de outros depressores do sistema nervoso central em combinação com Stalevo pode ocasionar efeito sedativo aditivo.

Pode ocorrer aumento da discinesia (movimentos involuntários anormais e repetitivos) durante tratamento com Stalevo, podendo ser necessário reduzir a dose do produto.

Houve relatos de pacientes que experimentaram intensos impulsos para jogar, impulsos sexuais aumentados e outros impulsos intensos com incapacidade de controlar esses impulsos ao tomar um ou mais medicamentos que aumentam o tono dopaminérgico central, e que geralmente são usados para o tratamento da doença de Parkinson, incluindo Stalevo. Embora não esteja provado que as medicações causaram esses eventos, foi relatado que esses impulsos parecem ter cessado em alguns casos, quando a dose foi reduzida ou o quando o medicamento foi interrompido.

O médico prescritor deve perguntar aos pacientes sobre o desenvolvimento de novos impulsos ou aumento de impulsos já existentes relacionados a jogos de azar, impulsos sexuais ou outros impulsos ao ser tratado com Stalevo.

Informe ao seu médico se apresentar novos impulsos ou aumento de impulso para jogar, aumento de impulsos sexuais ou outros impulsos intensos durante tratamento com Stalevo. Os médicos devem considerar a redução da dose ou a interrupção da medicação se um paciente desenvolve tais impulsos, durante tratamento com Stalevo.

População Especial

Idosos

Se você estiver acima de 65 anos, você pode tomar Stalevo sem ajuste da dose.

Crianças e adolescentes

A utilização de Stalevo não foi estabelecida em crianças e adolescentes com menos de 18 anos de idade e, portanto não é recomendada.

Gravidez e lactação

Se você está grávida ou pensa que pode estar grávida, não tome Stalevo antes de consultar o seu médico. Stalevo não deve ser usado durante a gravidez, exceto quando claramente necessário.

O seu médico irá discutir com você o risco potencial de tomar Stalevo durante a gravidez. Portanto, informe ao seu médico sobre a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término e se está amamentando.

Nenhuma reação adversa relativa à fertilidade foi observada em estudos pré-clínicos de entacapona, carbidopa e levodopa isolados. Estudos de fertilidade em animais não foram conduzidos com a associação de entacapona, levodopa e carbidopa.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Stalevo pode diminuir a pressão arterial, o que pode fazer você sentir tonturas ou vertigens. Portanto, seja cuidadoso quando dirigir veículos ou quando utilizar ferramentas ou máquinas.

Se você se sentir muito sonolento, ou se, às vezes, pegar no sono subitamente, não deve conduzir ou fazer qualquer outra coisa em que você precise estar alerta. Consulte o seu médico para maiores informações. Caso contrário, você pode se colocar e colocar os outros em risco de lesão grave ou morte.

Composição

Apresentações

Stalevo 50/12,5/200 mg; 100/25/200mg; 150/37,5/200 mg ou 200/50/200 mg - embalagens contendo 30 comprimidos revestidos.

Composição

Cada comprimido revestido de 50/12,5/200 mg contém:

Levodopa

50 mg

Monoidrato de carbidopa*

13,5 mg

Entacapona

200 mg

*Equivalente a 12,5 mg de carbidopa) e 200 mg de entacapona.

Cada comprimido revestido de 100/25/200 mg contém:

Levodopa

100 mg

Monoidrato de carbidopa*

27 mg

Entacapona

200 mg

*Equivalente a 25 mg de carbidopa) e 200 mg de entacapona.

Cada comprimido revestido de 150/37,5/200 mg contém:

Levodopa

40,5 mg

Monoidrato de carbidopa*

40,5 mg

Entacapona

200 mg

*Equivalente a 37,5 mg de carbidopa) e 200 mg de entacapona.

Cada comprimido revestido de 200/50/200 mg contém:

Levodopa

200 mg

Monoidrato de carbidopa*

54,1 mg

Entacapona

200 mg

*Equivalente a 50 mg de carbidopa) e 200 mg de entacapona.

Excipientes: amido, manitol, croscarmelose sódica, povidona, estearato de magnésio, hipromelose, sacarose, dióxido de titânio, óxido férrico amarelo (somente para os comprimidos de 50/12,5/200 mg, 100/25/200 mg e 150/37,5/200 mg), óxido férrico vermelho, polissorbato 80 e glicerol a 85%.

Superdosagem

A manutenção de superdosagem aguda com Stalevo é similar à superdosagem com levodopa.

A hospitalização é aconselhada e medidas médicas gerais de suporte devem ser empregadas, como lavagem gástrica imediata e doses repetidas de carvão ativado em tempo extra. Isso pode acelerar a eliminação de entacapona em particular, diminuindo sua absorção/reabsorção do trato gastrintestinal.

A adequação dos sistemas respiratório, circulatório e renal devem ser cuidadosamente monitorados e as medidas de suporte apropriadas devem ser empregadas pela equipe médica. O monitoramento do eletrocardiograma deve ser iniciado e o paciente cuidadosamente monitorado quanto a possíveis desenvolvimentos de arritmias.

Se necessário, o uso de medicamentos antiarrítmicos apropriados devem ser administrados. A possibilidade de que o paciente tenha tomado outras substâncias ativas em adição ao Stalevo deve ser colocada em consideração. O valor da diálise no tratamento da superdosagem não é conhecido.

Mais informações

Código do produto: 23144
EAN: 7896261008373
Tipo de Medicamento: Referência
Registro MS: 1006809620027
Classe Terapêutica: Antiparkinsonianos
Princípio Ativo: Levodopa + Carbidopa + Entacapona
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Stalevo é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
1