Frete Grátis - Veja as regras
41 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Simbrinza Solução Oftalmica 8ml
Simbrinza Solução Oftalmica 8ml

Simbrinza Solução Oftalmica 8ml

Código: 94895
Estoque: Disponível
De R$121,63
Por R$116,76
ou 3x de R$38,92 sem juros
ver parcelas
Quantidade:
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Simbrinza Solução Oftalmica 8ml com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Simbrinza

Frete Grátis
veja as regras
41 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Simbrinza

Simbrinza suspensão oftálmica está indicado para redução da pressão intraocular (PIO) em paciente com glaucoma de ângulo aberto ou hipertensão ocular (pressão alta dentro dos olhos).

Como o Simbrinza funciona?


Simbrinza suspensão oftálmica contém dois ingredientes ativos:

  • Brinzolamida;
  • brimonidina.

Estes dois componentes diminuem a pressão intraocular (pressão interna dos olhos) elevada, principalmente pela redução da produção do humor aquoso (líquido formado dentro do olho).

Como Usar Simbrinza

Você deve usar este medicamento exclusivamente nos olhos.

Antes de utilizar o medicamento, confira o nome no rótulo, para não haver enganos. Não utilize o medicamento Simbrinza suspensão oftálmica caso haja sinais de violação e/ou danificações do frasco.

Agite bem antes de usar.

O medicamento já vem pronto para uso. Não encoste a ponta do frasco nos olhos, nos dedos e nem em outra superfície qualquer, para evitar a contaminação do frasco e do colírio.

Você deve aplicar o número de gotas da dose recomendada pelo seu médico em um ou ambos os olhos. A dose usual é de 01 gota aplicada no (s) olho (s) afetado (s), 02 vezes ao dia, com intervalo de aproximadamente 12 horas entre as doses.

Feche bem o frasco depois de usar.

Estudos clínicos multicêntricos avaliaram a segurança e a eficácia do medicamento Simbrinza suspensão oftálmica quando administrado 2 ou 3 vezes ao dia. A segurança de Simbrinza suspensão oftálmica com doses ou frequência de administração maiores não foi estabelecida.

A dose máxima diária do Simbrinza corresponde a 1320 μg de brinzolamida e 264 μg de tartarato de brimonidina quando administrado 2 vezes ao dia em ambos os olhos, e a 1980 μg de brinzolamida e 396 μg de tartarato de brimonidina quando administrado 3 vezes ao dia em ambos os olhos.

Este medicamento é de uso exclusivo oftálmico.

A segurança do uso de Simbrinza suspensão oftálmica por outras vias de administração não foi estabelecida. Dados referentes à ingestão acidental de brinzolamida mostram efeitos adversos relacionados ao desbalanço eletrolítico, estado de acidose e possíveis efeitos no sistema nervoso.

Em crianças, a ingestão acidental de brimonidina pode causar efeitos adversos graves como sonolência, hipotensão, queda dos batimentos cardíacos e depressão respiratória.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Simbrinza?


Se esquecer uma dose, aplique o medicamento o quanto antes. No entanto, se estiver perto do horário da próxima dose, ignore a dose esquecida e volte ao esquema regular.

Contraindicação de Simbrinza

Este medicamento é contraindicado para pessoas que tenham alergia a brinzolamida, brimonidina ou a qualquer componente da fórmula. A brimonidina é uma sulfonamida e pode causar os mesmos tipos de reações adversas atribuídas aos demais medicamentos dessa classe.

Precauções

Simbrinza suspensão oftálmica deve ser utilizado somente nos olhos.

Não toque a ponta do conta-gotas nos olhos ou em qualquer superfície para evitar a contaminação do produto. No caso de cirurgia ocular ou problema ocular (como trauma ou infecção), procure imediatamente seu médico para orientações.

Simbrinza suspensão oftálmica não deve ser utilizado por pessoas com histórico de reação de sensibilidade à sulfonamidas. Se observar o aparecimento de reações oculares, sistêmicas, ou sinais de hipersensibilidade, deve-se interromper o tratamento imediatamente e consultar seu especialista.

Em casos raros ocorreram óbitos devido a reações graves às sulfonamidas, incluindo a síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica (morte das células da pele), necrose hepática (morte das células do fígado) fulminante, agranulocitose (deficiência na produção de algumas células do sangue), anemia aplásica (deficiência na produção de células vermelhas do sangue) e outras alterações sanguíneas. A sensibilização pode voltar a ocorrer quando se volta a administrar uma sulfonamida por qualquer via corporal.

Há possibilidade de ocorrer edema (inchaço) da córnea em pacientes com baixa contagem de células desta estrutura ocular. O medicamento Simbrinza suspensão oftálmica deve ser usado com cautela em pessoas com doenças cardiovasculares graves, depressão, insuficiência cerebral ou coronária, fenômeno de Reynaud’s, hipotensão ortostática ou tromboangeíte obliterante, entre outras que seu médico saberá identificar.

Este medicamento deve ser administrado com precaução nestes pacientes.

Ainda não foi avaliado o efeito de Simbrinza suspensão oftálmica no tratamento de glaucoma de ângulo fechado, pois esta doença necessita de outros tratamentos.

Pacientes que utilizam lentes de contato

Este medicamento contém um conservante que pode ser absorvido pelas lentes de contato. As lentes de contato devem ser retiradas do olho antes da aplicação do produto e podem ser recolocadas 15 minutos após a aplicação.

Pacientes que usam mais de um medicamento oftálmico

Se você utilizar mais de um colírio, estes devem ser administrados com um intervalo de no mínimo 5 minutos entre cada aplicação.

Pacientes com insuficiência renal (rim) ou hepática (fígado)

Não há estudos que assegurem a segurança do uso do medicamento em pacientes com insuficiência renal ou hepática e ele deve ser utilizado com precaução nestes pacientes. Simbrinza suspensão oftálmica não é indicado no tratamento de pacientes que sofram de insuficiência renal, pois seus metabólitos são excretados pelo rim.

População Especial

Uso durante a gravidez e lactação

Não foram feitos estudos em mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Não se sabe se a brimonidina ou a brinzolamida são excretadas no leite materno. Tendo em vista que muitos medicamentos podem ser excretados no leite, e os potenciais efeitos adversos graves que podem atingir o bebê, a decisão de continuar ou não com a amamentação deve ser tomada considerando-se a necessidade do uso da medicação pela mãe. Em caso de dúvida, procure orientação médica.

Uso em crianças

A segurança e eficácia de Simbrinza suspensão oftálmica em crianças e adolescentes com idade entre 2 a 17 anos ainda não foi estabelecida. Seu uso não é recomendado em crianças com idade inferior a 2 anos.

Pacientes idosos

Não foram observadas diferenças de eficácia e segurança entre pacientes idosos e mais jovens.

Interferência na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Depois de instilar Simbrinza suspensão oftálmica, a visão pode ficar temporariamente embaçada; durante este período não se deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Este medicamento pode causar fadiga e/ou sonolência, deve-se ter cautela quando realizar atividades perigosas e/ou que necessitem de atenção.

Composição

Apresentação

Suspensão oftálmica estéril

Frasco plástico conta-gotas contendo 5mL ou 8mL de suspensão oftálmica.

Composição

Cada mL (30 gotas) contém

10mg de brinzolamida e 2 mg de dextrotartarato de brimonidina (equivalente a 1,32 mg de brimonidina base), ou seja, 0,33 mg de brinzolamida e 0,07 mg de dextrotartarato de brimonidina (0,04 mg de brimonidina base) por gota.

Excipientes: Cloreto de benzalcônio, propilenoglicol, carbomer 974P, ácido bórico, manitol, ácido clorídrico e/ou hidróxido de sódio, tiloxapol e água purificada 1 mL.

Superdosagem

Se for usada uma dose maior do que a dose recomendada pelo médico, de modo intencional ou acidentalmente, lave bem os olhos com água ou solução fisiológica. Como podem aparecer as reações adversas descritas anteriormente, o médico deve ser consultado.

Apesar de não haver dados disponíveis em seres humanos, a administração oral de uma superdosagem pode produzir desequilíbrio dos eletrólitos, desenvolvimento de um estado de acidose e possíveis efeitos no sistema nervoso. Deve-se controlar a concentração dos eletrólitos com soro (especialmente de potássio) e o pH sanguíneo.

Dados referentes à ingestão acidental de brinzolamida mostram efeitos adversos relacionados ao desbalanço eletrolítico, estado de acidose e possíveis efeitos no sistema nervoso. Em crianças a ingestão acidental de brimonidina pode causar efeitos adversos sérios como sonolência, hipotensão, queda dos batimentos cardíacos e depressão respiratória.

Mais informações

Código do produto: 94895
EAN: 7896548199572
Tipo de Medicamento: Novo
Registro MS: 1006811310021
Classe Terapêutica: Preparações Antiglaucomas E Mióticas Tópicas
Princípio Ativo: Brinzolamida + Dextrotartarato de Brimonidina
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Simbrinza é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1