Frete Grátis - Veja as regras
40 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Pentoxifilina 400 Mg C/ 20 Comprimidos
Pentoxifilina 400 Mg C/ 20 Comprimidos

Pentoxifilina 400 Mg C/ 20 Comprimidos

Código: 12195
|
Outros: EMS
Estoque: Indisponível
Ops!
Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Pentoxifilina 400 Mg C/ 20 Comprimidos com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Pentoxifilina na categoria Categorias.

Frete Grátis
veja as regras
40 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Pentoxifilina EMS

A pentoxifilina é indicada em:

  • Doenças oclusivas arteriais periféricas e distúrbios artério-venosos de natureza aterosclerótica ou diabética (ex. claudicação intermitente, dor em repouso) e distúrbios tróficos (úlceras nas pernas e gangrena);
  • Alterações circulatórias cerebrais (sequelas de arteriosclerose cerebral, como - dificuldade na concentração, vertigem e comprometimento da memória), estados isquêmicos e pósapopléticos;
  • Distúrbios circulatórios do olho ou ouvido interno, associados a processos vasculares degenerativos e a comprometimento da visão ou audição.

Como o Pentoxifilina - EMS funciona?


A pentoxifilina 400 mg melhora as propriedades do fluxo sanguíneo. Este medicamento é rapidamente absorvido por via oral, atingindo níveis terapêuticos no sangue em 60 a 120 minutos.

Como Usar Pentoxifilina EMS

Os comprimidos devem ser ingeridos sem mastigar, durante ou logo após as refeições, com um pouco de líquido (aproximadamente ½ copo de água).

Depois de aberto, o medicamento deve ser mantido em sua embalagem original, em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC) e ao abrigo da luz e umidade.

Posologia do Pentoxifilina - EMS


A princípio, a posologia e o modo de administração são baseados no tipo e na gravidade do distúrbio circulatório e na tolerância individual do paciente ao medicamento.

A posologia é, geralmente, baseada nas seguintes orientações e é determinada pelo médico de acordo com as necessidades individuais.

A dose usual é de 1 comprimido revestido de pentoxifilina 2 ou 3 vezes ao dia, via oral.

Não se dispõe de experiência sobre o uso de pentoxifilina em crianças.

Risco de uso por via de administração não recomendada

Não há estudos dos efeitos de pentoxifilina 400 mg administrada por vias não recomendadas. Portanto, por segurança e para eficácia deste medicamento, a administração deve ser somente pela via oral.

Posologia para situações especiais

Em pacientes com comprometimento importante da função renal (“clearance” de creatinina abaixo de 30 mL/min), pode ser necessário reduzir a dose diária em 30% a 50%. A redução precisa implementada irá variar de acordo com a tolerância do paciente ao medicamento.

Em pacientes com comprometimento severo da função hepática, é necessária uma redução da dose, de acordo com a tolerância individual.

O tratamento deve ser iniciado com baixas doses em pacientes com baixa pressão sanguínea ou em pacientes cuja circulação é instável, assim como em pacientes que apresentam risco especial decorrente de uma redução da pressão arterial (por ex. pacientes com doença coronariana grave ou estenose relevante dos vasos sanguíneos que nutrem o cérebro); em tais casos, a dose deve ser aumentada somente de forma gradual.

O que devo fazer fazer quando eu me esquecer de usar o Pentoxifilina - EMS?


Caso esqueça de tomar uma dose, tome-a assim que possível, no entanto, se estiver próximo do horário da dose seguinte espere por este horário, respeitando sempre o intervalo determinado pela posologia.

Contraindicação de Pentoxifilina EMS

A pentoxifilina não deve ser utilizada nos seguintes casos:

  • Alergia à pentoxifilina, a outras metilxantinas ou a algum de seus excipientes;
  • Hemorragias maciças (risco de aumento da hemorragia);
  • Hemorragia retiniana extensa (risco de aumento da hemorragia);
  • Durante a gravidez.

Precauções

Aos primeiros sinais de reação anafilática/anafilactoide, a pentoxifilina deve ser descontinuada e o médico deverá ser informado.

A eficácia desse medicamento depende da capacidade funcional do paciente.

Verifique sempre o prazo de validade que se encontra na embalagem do produto e confira o nome para não haver enganos. Não utilize a pentoxifilina caso haja sinais de violação ou danificações da embalagem.

Risco de uso por via de administração não recomendada

Não há estudos dos efeitos da pentoxifilina administrado por vias não recomendadas. Portanto, por segurança e para eficácia deste medicamento, a administração deve ser somente pela via oral.

Restrições a grupos de risco

É necessária uma cuidadosa monitorização médica em pacientes com:

  • Arritmia cardíaca severa;
  • Infarto agudo do miocárdio;
  • Pressão sanguínea baixa (hipotensão);
  • Comprometimento da função renal (“clearance” de creatinina abaixo de 30mL/min);
  • Comprometimento severo da função hepática;
  • Tendência aumentada a hemorragias devido, por exemplo, ao uso de medicamento anticoagulantes ou distúrbios na coagulação;
  • Tratamento concomitante com pentoxifilina e antagonistas da vitamina K;
  • Tratamento concomitante com pentoxifilina e agentes antidiabéticos.

População Especial

Gravidez

São insuficientes os dados de estudos do uso da pentoxifilina na gestação. Portanto, a pentoxifilina não deve ser usada em gestantes.

Lactação

A pentoxifilina é excretada no leite materno em pequenas quantidades, mas por não existirem dados suficientes, o médico deve avaliar cuidadosamente o risco/benefício antes de administrar pentoxifilina a mulheres que estejam amamentando.

Pacientes idosos

Não há advertências e recomendações especiais sobre o uso adequado desse medicamento por pacientes idosos.

Crianças

Não se dispõe da experiência sobre o uso da pentoxifilina 400 mg em crianças.

Composição

Cada comprimido de 400mg contém:

Pentoxifilina

400 mg

Excipientes q.s.p

1 Comprimido revestido de liberação prolongada

Excipientes: povidona, hipromelose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, álcool polivinílico + dióxido de titânio + macrogol + talco, corante laca vermelho eritrosina.

Apresentação do Pentoxifilina - EMS


Comprimido revestido de liberação prolongada

Cartucho com 20, 30, 60*, 90*, 450** e 500** comprimidos revestidos de liberação prolongada de 400 mg.

* Embalagem Fracionável.
**Embalagem Hospitalar.

Superdosagem

Os sintomas iniciais de superdose com pentoxifilina podem ser náusea, vertigem, taquicardia ou queda da pressão sangüínea. Além disso, podem ser observados sinais como febre, agitação, rubor, perda de consciência, arreflexia, convulsões tônico-clônicas e, como sinal de hemorragia gastrintestinal pode ocorrer vômito tipo “borra de café”.

Tratamento

Ainda não existe antídoto específico para superdose com pentoxifilina. Caso a ingestão tenha acabado de ocorrer, pode-se tentar prevenir a absorção sistêmica do ingrediente ativo pela eliminação primária do fármaco (ex. lavagem gástrica) ou pelo atraso da sua absorção (ex. carvão ativado).

O tratamento da superdose aguda e a prevenção de complicações podem necessitar monitoração intensiva geral e específica e medidas terapêuticas.

Mais informações

Código do produto: 12195
Marca: EMS
EAN: 7896004700953
Tipo de Medicamento: Genérico
Registro MS: 1023504960010
Classe Terapêutica: Vasoterapêuticos Cerebrais E Periféricos, Excluindo Antoagonistas De Cálcio Com Ação Cerebral
Princípio Ativo: Pentoxifilina
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Pentoxifilina EMS é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1