Frete Grátis - Veja as regras
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Minipress Sr 4mg C/ 15 Cápsulas
Minipress Sr 4mg C/ 15 Cápsulas

Minipress Sr 4mg C/ 15 Cápsulas

Código: 3061
Estoque: Indisponível
Ops!
Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Minipress Sr 4mg C/ 15 Cápsulas com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Minipress

Frete Grátis
veja as regras
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Minipress SR

Minipress SR (cloridrato de prazosina) cápsulas de liberação lenta está indicado no tratamento da hipertensão arterial essencial (primária) (pressão alta sem causa aparente) de todos os graus e da hipertensão arterial secundária (pressão alta causada por outras doenças) de todos os graus, de etiologia (causa) variada.


Como o Minipress SR funciona?

O Minipress SR causa uma redução na resistência vascular (dos vasos) periférica total, levando a vasodilatação (dilatação dos vasos) e consequente redução da pressão arterial. Em geral, a resposta ao tratamento com Minipress SR ocorre dentro de 1 a 14 dias.

Como Usar Minipress SR

Minipress SR pode ser utilizado como medicamento inicial isolado ou em esquemas associados a um diurético (medicamentos que reduzem a pressão por aumento da eliminação de líquidos pelos rins) e/ou a outros fármacos antihipertensivos (que reduzem a pressão arterial), conforme seja necessário para uma resposta adequada do paciente. Durante a primeira semana, a dose de Minipress SR deve ser ajustada de acordo com a tolerabilidade individual e com a resposta do paciente, que geralmente ocorre dentro de 1 a 14 dias. Quando a resposta é observada, a terapia deve ser mantida com a mesma dose até que se obtenha um nível de resposta estabilizado, antes de aumentar novamente a dose. Para a obtenção de um efeito máximo, pequenos aumentos na dose devem ser continuados até que o efeito desejado ou a dose diária total de 20 mg seja atingida. A dose de manutenção de Minipress SR deve ser administrada uma vez ao dia.

Pacientes sem tratamento anti-hipertensivo (para pressão alta) prévio:

A terapia deve ser iniciada com Minipress SR 1mg ao deitar, seguindo-se de 1mg uma vez ao dia por 3 a 7 dias; esta dose deverá ser aumentada para 2mg, administrada uma vez ao dia, por mais 3 a 7 dias e mais tarde, aumentada para 4mg, uma vez ao dia. Em seguida, baseada na resposta do paciente ao efeito hipotensor de Minipress SR, a dose poderá ser aumentada gradativamente até uma dose diária máxima de 20mg, administrada uma vez ao dia.

Pacientes recebendo diurético com controle inadequado da pressão arterial:

O diurético deve ser reduzido a um nível de dose de manutenção para o produto considerado e iniciar o tratamento com Minipress SR na dose de 1mg à noite, seguido de doses únicas diárias de 1mg. Após o período inicial de observação, aumentos gradativos na dose de Minipress SR devem ser adequados à resposta do paciente até a dose máxima total de 20mg ao dia.

Pacientes recebendo outros agentes anti-hipertensivos, mas com controle inadequado da pressão arterial:

Uma vez que alguns efeitos adicionais podem ocorrer, a dose dos outros agentes deve ser reduzida e o tratamento com Minipress SR deve ser iniciado na dose de 1mg uma vez ao dia, à noite, seguidos de doses de 1mg, uma vez ao dia, diariamente. Ajustes posteriores deverão ser realizados dependendo da resposta do paciente. Há evidências de que a adição de Minipress SR a agentes bloqueadores beta-adrenérgicos, antagonistas do cálcio (como diltiazem, verapamil e nifedipina) ou inibidores da enzima conversora da angiotensina (ECA) (como o captopril e o enalapril) pode levar a uma redução substancial da pressão arterial. Portanto, uma dose inicial menor é altamente recomendada.

Pacientes com disfunção renal (dos rins) moderada a grave:

Até o momento, os estudos mostram que Minipress SR não compromete a função renal quando utilizado em pacientes portadores de disfunção renal. Uma vez que alguns pacientes com esse problema têm respondido a pequenas doses de prazosina, o tratamento deve ser iniciado com 1 mg de Minipress SR diariamente e a dose aumentada, cautelosamente, sempre na dependência da resposta do paciente.

Uso em Crianças:

Minipress SR não é recomendado para o tratamento de crianças com idade inferior a 12 anos uma vez que a segurança para sua utilização nessa população ainda não foi estabelecida.


O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Minipress SR?

Caso você esqueça de tomar Minipress SR no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento em dobro para compensar doses esquecidas.

Contraindicação de Minipress SR

Minipress SR não deve ser tomado por pessoas que tenham desenvolvido em outras ocasiões alergia ao cloridrato de prazosina. Minipress SR é contraindicado a pacientes com hipersensibilidade conhecida às quinazolinas, cloridrato de prazosina ou a qualquer outro componente da fórmula.

Precauções

Hipotensão postural (diminuição da pressão arterial ao levantar) evidenciada por tonturas, fraqueza ou raramente perda da consciência, foi relatada principalmente no início do tratamento, porém esse efeito pode ser evitado iniciando o tratamento com uma dose mais baixa de Minipress SR aumentando a dose de forma gradativa durante a primeira e segunda semana de tratamento

No início de uma terapia com qualquer agente anti-hipertensivo eficaz, o paciente deve ser instruído sobre como evitar sintomas decorrentes de hipotensão postural e sobre quais as medidas a serem adotadas no caso dos sintomas se desenvolverem. O paciente deve ser orientado a evitar situações onde possa se ferir, caso ocorra tontura ou fraqueza durante o início do tratamento com Minipress SR.

Uso com Inibidores de Fosfodiesterase tipo 5

A administração concomitante de Minipress SR com um inibidor de fosfodiesterase tipo 5 (PDE-5) (como a sildenafila, a tadalafila e a vardenafila) deve ser feita com cautela já que, em alguns pacientes, pode ocorrer hipotensão postural (diminuição da pressão arterial ao levantar).

Priapismo

Ereções prolongadas e priapismo (ereção persistente e dolorosa do pênis) foram reportadas com o uso de Minipress SR na experiência pós-comercialização. Se a ereção persistir por mais de 4 horas, você deve procurar assistência médica imediatamente. O priapismo quando não for tratado imediatamente, pode resultar em danos no tecido peniano e perda permanente da potência.

População Especial

Uso durante a Gravidez e Lactação

Não foram observados efeitos teratogênicos (que causa malformação no feto) nos testes realizados em animais, entretanto a segurança do Minipress SR durante a gravidez ainda não foi estabelecida.

Minipress SR só deve ser utilizado durante a gravidez, quando, na opinião do médico, os potenciais benefícios justificarem o risco potencial à mãe e ao feto.

Foi demonstrado que Minipress SR é excretado no leite materno em pequenas quantidades, devendo, portanto, ser utilizado com cautela em lactantes (mulheres que estão amamentando).

Efeitos na Habilidade de Dirigir Veículos e Operar Máquinas

A habilidade necessária para atividades como dirigir e operar máquinas pode apresentar-se comprometida, principalmente no início da terapia com Minipress SR.

Composição

Cada cápsula de Minipress SR 1mg contém:

Cloridrato de prazosina equivalente a 1mg de prazosina base.

Excipientes: amido de milho, Eudragit RS 100 (Poli (cloreto de etilacrilato, metil-metacrilato, trimetil amônioetilmetacrilato)), óleo de coco fracionado, lactose, talco, sacarose.

Cada cápsula de Minipress SR 2mg contém:

Cloridrato de prazosina equivalente a 2mg de prazosina base.

Excipientes: amido de milho, Eudragit RS 100 (Poli (cloreto de etilacrilato, metil-metacrilato, trimetil amônioetilmetacrilato)), óleo de coco fracionado, lactose, talco, sacarose.

Cada cápsula de Minipress SR 4mg contém:

Cloridrato de prazosina equivalente a 4mg de prazosina base.

Excipientes: amido de milho, Eudragit RS 100 (Poli (cloreto de etilacrilato, metil-metacrilato, trimetil amônioetilmetacrilato)), óleo de coco fracionado, lactose, talco, sacarose.

Superdosagem

A ingestão acidental de pelo menos 50mg de cloridrato de prazosina por uma criança de dois anos ocasionou sonolência profunda e diminuição dos reflexos. Não se observou queda da pressão arterial. A recuperação foi sem intercorrência. Caso a superdosagem conduza à hipotensão (queda da pressão), deve ser instituída terapia de suporte, sendo as medidas cardiovasculares as mais importantes. A recuperação da pressão arterial e a normalização da frequência cardíaca podem ser conseguidas mantendo o paciente em posição supina (deitado de barriga para cima).

Caso esta medida seja insuficiente, o choque (queda da pressão grave) deve ser tratado inicialmente com expansores de volume (soro administrado na veia). Se necessário, deve ser então utilizados vasopressores (medicações que contraem os vasos aumentando a pressão). A função renal deve ser monitorada e, se necessário, uma terapia de suporte deve ser instituída. Dados de laboratório indicam que o cloridrato de prazosina não é dialisável (eliminado por diálise) por ligar-se às proteínas plasmáticas (do sangue).

Mais informações

Código do produto: 3061
EAN: 7891268148305
Tipo de Medicamento: Referência
Registro MS: 1211004030031
Classe Terapêutica: Anti-Hipertensivos Puro-Ação Periférica
Princípio Ativo: Cloridrato de Prazosina
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Minipress SR é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1