Frete Grátis - Veja as regras
39 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Dorless 50mg C/ 10 Cápsulas
Dorless 50mg C/ 10 Cápsulas

Dorless 50mg C/ 10 Cápsulas

Código: 56941
Estoque: Indisponível
Ops!
Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Venda proibida pela internet
Página meramente informativa sobre o produto
Venda somente nas lojas físicas com receituário adequado

Comprar Dorless 50mg C/ 10 Cápsulas com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Dorless

Frete Grátis
veja as regras
39 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Dorless

Dorless cápsula é indicado para analgesia (alívio da dor) de intensidade moderada a grave; independente do tempo que esta dor atinge o paciente seja a dor do tipo aguda, subaguda e crônica. 

Como o Dorless funciona?

Dorless é um agonista (substância que se liga a uma porção celular – chamada receptor - simulando a ação de outra) que age nos receptores opioides do sistema nervoso, com efeito analgésico, utilizada para aliviar a dor. O início de ação do Dorless ocorre cerca de 1 hora após sua administração.

Como Usar Dorless

Dorless cápsulas deve ser engolido inteiro com quantidade adequada de líquido para deglutição; com ou sem alimentos.

A melhor eficácia analgésica (redução e/ou cessação da dor) é atingida quando a dose de Dorless é individualizada (processo em que a dose é ajustada à intensidade da dor, à sensibilidade do paciente ao estímulo doloroso e ao efeito da medicação). O esquema recomendado é apenas uma sugestão. Sempre se deve usar a menor dose eficaz para produzir analgesia. O tratamento com Dorless deve ser feito apenas pelo período de tempo necessário. Para adultos e jovens com idade igual ou superior a 16 anos a dose de Dorless pode ser de 50 a 400mg/dia. 

Dependendo da intensidade da dor, o efeito dura 4 – 8 horas. Informe ao seu médico se você achar que o efeito de Dorless está muito forte ou muito fraco. Normalmente não se deve usar doses maiores que 400 mg/dia (8 cápsulas de Dorless 50 mg). Para certas dores – por exemplo, pós-operatórios e dor devido a tumores – doses maiores podem ser necessárias. 

Em pacientes com insuficiência (redução importante da função) dos rins e do fígado a eliminação de Dorless pode ser mais lenta; nesse caso o médico pode avaliar o espaçamento entre as doses. Isso também pode ser necessário em idosos. 

Se as doses recomendadas são consideravelmente excedidas e outras substâncias depressoras do sistema nervoso central são administradas concomitantemente, pode ocorrer depressão respiratória. 

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Dorless?

Caso você esqueça-se de tomar Dorless no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas. O esquecimento da dose pode comprometer o resultado do tratamento. 

Contraindicação de Dorless

Dorless não deve ser utilizado se você

  • Tem hipersensibilidade (alergia) a tramadol ou a qualquer componente do produto;
  • Faz atualmente – ou, fez nos últimos 14 dias – tratamento com medicamentos inibidores da MAO (tipo de antidepressivo que inibe uma enzima que metaboliza – “destrói” – o neurotransmissor serotonina, substância produzida pelo corpo que transmite a sensação de bem estar);
  • Tem epilepsia (crises convulsivas) não controlada com tratamento;
  • Está se tratando de abstinência (conjunto de reações do corpo que acontecem por falta de uma determinada substância a que ele está acostumado) a narcóticos (substâncias entorpecentes);
  • Está sendo tratado de intoxicação aguda (reação por consumo de quantidades excessivas) de álcool, hipnóticos (medicamentos que induzem o sono), opioides (medicamentos derivados do ópio) e outros psicotrópicos (substâncias que agem no sistema nervoso e seu comportamento). 

Precauções

Como não estão disponíveis evidências adequadas na segurança de tramadol em mulheres grávidas, Dorless não deve ser utilizado durante a gravidez. Dorless não deve ser usado por mulheres que estejam amamentando. Geralmente, não há necessidade de interromper a amamentação após uma única dose de Dorless.

A presença de qualquer outro problema de saúde pode sofrer interferência com o uso de Dorless. 

Deve ser usado com cautela nas seguintes condições

Dependência e/ou abuso (ou história prévia) aos opioides e/ou outras substâncias, ferimentos na cabeça, choque (estado de profunda depressão mental ou física, consequente de lesão física grave ou distúrbio emocional), alterações do nível de consciência de origem não estabelecida, alterações da função ou do centro respiratório, pressão intracraniana (pressão dentro do crânio) aumentada, portadores de epilepsia. 

Pacientes com tendência ao abuso ou a dependência de medicamentos só devem usar Dorless por períodos curtos e sobre estrita e rigorosa supervisão médica. Dorless tem potencial baixo de causar dependência. O risco aumenta quando as doses são superiores à dose máxima indicada (400mg/dia). Uso prolongado de Dorless pode levar à dependência química e física, assim como o desenvolvimento de tolerância (fenômeno em que uma determinada dose da medicação já não é capaz de atingir o efeito desejado). 

Há relatos de convulsões em pacientes usando as doses recomendadas de Dorless, observa-se que o risco aumenta quando as doses são superiores à dose máxima indicada (400mg/dia). O uso de Dorless com outras medicações que podem desencadear crises convulsivas também pode aumentar esse risco. Comunique ao seu médico se você tem epilepsia, história e/ou tendência de ter convulsões. 

Durante o tratamento, você não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas. 

Sempre avise ao seu médico todas as medicações que você toma quando ele for prescrever uma medicação nova. O médico precisa avaliar se as medicações reagem entre si alterando a sua ação, ou da outra; isso se chama interação medicamentosa. 

Dorless pode aumentar a atividade das medicações psicotrópicas (que agem no sistema nervoso central) – especialmente dos antidepressivos tricíclicos e inibidores da recaptação da serotonina e dos neurolépticos – inclusive aumentando o potencial risco de essas medicações desencadearem convulsões. 

Há possibilidade de redução da eficácia e/ou da duração da ação de Dorless quando ele for usado junto com a carbamazepina, buprenorfina, naburfina e pentazocina. Também há possibilidade disso acontecer quando usado com medicamentos que alterem a função das enzimas (tipo de substâncias) hepáticas (produzidas no fígado) que são responsáveis pelo metabolismo (transformação de substâncias), tais como o cetoconazol e a eritromicina. 

O uso de Dorless com anticoagulantes (medicações que diminuem a capacidade de coagulação do sangue) derivados cumarínicos (por exemplo, varfarina) pode aumentar o risco de sangramento. 

Composição

Cada cápsula contém: 

Cloridrato de tramadol 50 mg.

Excipientes: lactose monoidratada, croscarmelose sódica, estearato de magnésio. 

Superdosagem

Em princípio, no caso de intoxicação com tramadol, são esperados sintomas similares ao dos outros analgésicos de ação central (opioides). Estes incluem em particular miose (contração da pupila dos olhos), vômito, colapso cardiovascular, distúrbios de consciência podendo levar ao coma, convulsões e depressão respiratória até parada respiratória. 

Mais informações

Código do produto: 56941
EAN: 7896006219354
Tipo de Medicamento: Similar
Registro MS: 1049702730112
Classe Terapêutica: Analgésicos Narcóticos
Princípio Ativo: Cloridrato de Tramadol
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Dorless é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
1