Frete Grátis - Veja as regras
41 lojas físicas desde 1958
Até 3X sem juros no cartão
Enviamos para todo o Brasil
Compra segura 100% protegida
Acido Tranexâmico 250mg Com 12 Comprimidos Genérico Legrand
Acido Tranexâmico 250mg Com 12 Comprimidos Genérico Legrand

Acido Tranexâmico 250mg Com 12 Comprimidos Genérico Legrand

Código: 66732
|
Estoque: Indisponível
Ops!
Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Calculando frete e prazo
Calcule o frete

Comprar Acido Tranexâmico 250mg Com 12 Comprimidos Genérico Legrand com melhor preço e entrega em todo o Brasil. Conheça todas as apresentações de Ácido

Frete Grátis
veja as regras
41 Lojas Físicas
desde 1958
Até 3X sem juros
a partir de R$100,00
OURO
Loja Ouro E-bit
eleita pelos consumidores

Para que serve Ácido Tranexâmico Legrand

O ácido tranexâmico está indicado no controle e prevenção de hemorragias provocadas por hiperfibrinólise e ligadas a várias áreas como cirurgias cardíacas, ortopédicas, ginecológicas, otorrinolaringológicas, urológicas, neurológicas, em pacientes hemofílicos, hemorragias digestivas e das vias aéreas. Angioedema hereditário.

Como o Ácido Tranexâmico Legrand funciona?


Ácido Tranexâmico destina-se ao controle e prevenção de sangramento provocados por cirurgias, reumatismos e doenças com tendência a sangramentos.

Como Usar Ácido Tranexâmico Legrand

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Posologia do Ácido Tranexâmico Legrand


A dose de ácido tranexâmico deve ser ajustada individualmente por paciente. As doses recomendadas devem ser interpretadas como uma diretriz inicial.

Adultos:

Fibrinólise local:

Comprimidos:

A dose recomendada é de 15 a 25 mg/kg, isto é, 2 a 3 comprimidos, duas a três vezes ao dia.

Crianças:

A dose deve ser administrada de acordo com o peso corporal:

10 mg/kg, duas a três vezes ao dia.

O ácido tranexâmico pode ainda ser administrado durante a heparinoterapia.

Pacientes com insuficiência renal:

Para evitar o risco de acúmulo, a dose deve ser corrigida de acordo com a seguinte tabela:

Creatinina sérica

Dose oral

Frequência

120 a 150 micromol/L

25 mg/kg

2 vezes ao dia

250 a 500 micromol/L

25 mg/kg

1 vez ao dia

> 500 micromol/L

12,5 mg/kg

1 vez ao dia

Posologia especial:

Prostatectomia:

Em pacientes de alto risco, a profilaxia e o tratamento da hemorragia devem começar durante o período préoperatório, com ácido tranexâmico injetável, seguido de 2 comprimidos de 250 mg, três a quatro vezes ao dia, até que a hematúria macroscópica desapareça.

Menorragia:

2 a 3 comprimidos de 250 mg, três a quatro vezes ao dia, por um período de 3 a 4 dias. A terapia com ácido tranexâmico deve ser instituída logo após o início do sangramento intenso. Nos casos em que o aumento do fluxo já é previsto, deve-se iniciar o tratamento no 1º dia do ciclo.

Se o fluxo for reduzido a um nível aceitável, sem efeitos colaterais, o tratamento pode ser repetido indefinidamente. Caso não se obtenha redução do sangramento, seu uso deve ficar restrito a não mais que três ciclos menstruais.

Epistaxe:

2 comprimidos de 250 mg, três vezes ao dia, durante 7 dias.

Hemofilia:

No preparo de extrações dentárias, 2 a 3 comprimidos de 250 mg, a cada 8 horas, ou 25 mg/kg/dia.

Angioedema hereditário:

Alguns pacientes reconhecem o início da doença. O tratamento consiste na administração intermitente de 2 a 3 comprimidos de 250 mg, duas a três vezes ao dia, por alguns dias.

Outros pacientes podem precisar de tratamento contínuo com esta dose.

Contraindicação de Ácido Tranexâmico Legrand

O ácido tranexâmico é contraindicado em portadores de coagulação intravascular ativa, vasculopatia oclusiva aguda e em pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Precauções

Em portadores de insuficiência renal, a dose deve ser reduzida para evitar o acúmulo.

Pacientes com tendência conhecida para trombose devem usar o ácido tranexâmico com cautela.

Interações medicamentosas:

Por via oral, até o momento, não foram descritos casos de interação com outros medicamentos.

População Especial

Gravidez e lactação:

O ácido tranexâmico, assim como qualquer outro medicamento, não deve ser utilizado durante a gravidez e amamentação, a não ser sob estrita orientação médica.

O ácido tranexâmico é eliminado no leite materno, na proporção de, aproximadamente, 1% em relação à concentração plasmática. Apresenta, portanto, pouca probabilidade de efeito sobre o lactente. Mesmo assim, durante a amamentação, o produto deve ser utilizado sob estrita orientação médica. Como qualquer outro medicamento, não se recomenda sua utilização no primeiro trimestre de gravidez.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.

Pacientes idosos:

Não há advertências ou recomendações especiais sobre o uso do produto em pacientes idosos.

Composição

Apresentações:

Comprimidos de 250 mg.

Caixas contendo:

12 ou 24 comprimidos.

Composição:

Cada comprimido contém:

Ácido Tranexâmico

250 mg

Excipiente*

1 comprimido

*Celulose microcristalina, croscarmelose sódica, fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, povidona, dióxido de silício, talco, estearato de magnésio, água purificada).

Superdosagem

Até o momento, não são conhecidos casos de superdosagem.

Mais informações

Código do produto: 66732
Marca: LEGRAND GENÉRICO
EAN: 7894916144971
Tipo de Medicamento: Genérico
Registro MS: 1677301510018
Classe Terapêutica: Antifibrinolíticos Sintéticos
Princípio Ativo: Ácido Tranexâmico
Se persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado. Ácido Tranexâmico Legrand é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula
Opiniões sobre o produto
Dê sua opinião sobre este produto
Escolha uma nota:
A sua avaliação passará por uma aprovação antes de ser publicada.
1